.

.

.

Pés Formosos » Israel

Pés Formosos » Israel


A Questão sobre a “Terra de Israel”

Posted: 14 May 2014 12:41 PM PDT

Asher Intrater

Há uma grande controvérsia no Corpo do Messias ao redor do mundo quanto ao lugar do povo judeu e da terra de Israel no plano de Deus. Contudo, a questão não é inerentemente sobre política ou identidade racial, mas sobre a própria natureza do reino de Deus.

     I. Redenção do Planeta Terra

Será que o propósito final de Deus para os seres humanos é sair deste planeta e viver para sempre num corpo não ressurreto no céu? Ou será que é restaurar todas as coisas (Atos 3.21), ressuscitar os mortos e dar-lhes novos corpos com os quais possam viver tanto no céu quanto na terra (1 Coríntios 15, João 20, Lucas 24), e unir os céus e a terra (Efésios 1.10)? Se concordarmos que o segundo ponto de vista "restauracionista" está correto, então há um propósito importante para esta terra criada e renovada (Romanos 8.21). Precisa haver uma forma de "reivindicar o direto de aliança" de retomar e restaurar o que foi perdido com a queda de Adão.

A aliança abraâmica é o instrumento que Deus tem para recuperar a posse legal sobre todo o planeta. A aliança abraâmica não é apenas para retomar a terra de Canaã para a tribo de um homem; porém, começando a partir daí, reconquistar o mundo inteiro (Romanos 4.13). Portanto, se você não acredita na posse abraâmica/israelense da terra, também não pode acreditar numa restauração e retomada total do planeta terra. Ao afirmar que a aliança sobre a terra de Israel não continua válida, você está simplesmente concordando em ceder o planeta terra permanentemente ao domínio de Satanás.

     II. Segunda Vinda Literal

A segunda vinda de Yeshua é realmente física e literal? Será que ele vai descer desde os céus até que seus pés estejam firmados sobre o Monte das Oliveiras (Zc 14.4)? Se ele de fato virá para o Monte das Oliveiras, então há um propósito para a terra de Israel. E se ele virá, então precisa haver um povo judeu morando aqui que acredite nele e que o receberá de volta com brados de "Baruch Haba B’shem Adonai"(Mateus 23.39).

Então precisa haver:

a. Uma aliança sobre a posse da terra de Israel
b. Um reajuntamento do povo judeu na terra
c. Um avivamento da fé no meio do povo judeu em Israel
d. As boas vindas dadas por eles ao retorno de Yeshua.

Sem a terra, não há um retorno literal de Yeshua, porque não há um lugar que ele tenha direito por aliança para recebê-lo.

III. Reino Milenar Messiânico

Haverá um reino milenar de verdade sobre a terra com Yeshua reinando a partir de Jerusalém? Se sim, então deve haver um propósito e um direito permanentes da aliança com Jerusalém e Israel. Sem uma aliança com Israel, não poderia haver um reino cujo centro na terra é Jerusalém. Se não, por que simplesmente não paramos de orar"venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu" (Mateus 6.10)?

Logo, se não há uma aliança permanente com Israel, não pode haver um propósito para o planeta terra, uma segunda vinda literal, nem um reino milenar. Essas são as questões críticas por trás da controvérsia a respeito da "terra de Israel". As promessas da aliança para a terra de Israel e para o povo judeu são os veículos bíblicos de Deus para reconquistar o planeta terra, para convidar Yeshua de volta para a terra, e para trazer o reino milenar.

Guerra Espiritual

E um último pensamento: por que os cristãos ficam confusos quanto a isso? Parece que a Jihad islâmica, as Nações Unidas e a Esquerda Radical não estão confusas. Todos eles fazem o que podem para impedir Israel e o remanescente messiânico aqui. O que é óbvio para eles no lado negativo deveria ser óbvio para nós no positivo.

 

Fonte: ReviveIsrael

Lançamento!

Lançamento!

Contato

Contato
Clique na imagem para acessar

REVISTA PAMM - edição de Outubro

Para escolher o modo de leitura (páginas, livro, slides) Coloque o mouse sobre iPaper > ViewMode> selecione o modo. Para ler no modo Tela Inteira, clik na caixinha abaixo no canto direito, você também pode usar o recurso de zomm.
- Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo. Lucas 6:38