.

.

.

Pés Formosos » Notícias

Pés Formosos » Notícias


Pede-me e Eu te darei – 17 de Maio

Posted: 15 May 2014 03:23 AM PDT

mcm pede me e eu...

SOMÁLIA

“Ainda que me abandonem pai e mãe, o Senhor me acolherá.” Sl 27:10

Uma jovem somali de 17 anos foi brutalmente agredida por seus pais logo após descobrirem que ela havia se convertido ao cristianismo. Além da menina ser agredida pelos pais, ainda foi acorrentada numa árvore durante o dia, e à noite trancada em um pequeno quarto escuro.

Essa é uma dura realidade para essa jovem, porém mesmo sofrendo perseguição, ela não nega sua fé. Ela também é apontada por louca e seus pais a desprezam, dizendo que só terá sua vida normal de volta, quando voltar as suas práticas religiosas ao islã.

Na Somália, quando alguém deixa o islã para seguir a Cristo (no entendimento da religião islâmica), ela quebra um vínculo familiar, e um vínculo com as tradições de sua antiga religião, se tornando rejeitada, perseguida e até mesmo morta.

Vamos orar:
-Pela vida dessa jovem que vive seus dias sendo perseguida e rejeitada; para que ela seja fortalecida e protegida no Senhor, encorajada e que sua fé a faça permanecer firme;

-Pelos novos cristãos somalis que estão sofrendo por perseguições e também sendo rejeitados por suas famílias por causa de sua fé em Jesus.

COREIA DO NORTE

Ser cristão na Coreia do Norte significa ser proibido de professar sua fé abertamente. Os cristãos são presos, torturados e mortos. Mas apesar da perseguição, a Igreja está crescendo; já são mais de 400 mil cristãos vivendo na Coreia do Norte.

A adoração ao líder Kim Jong-Un e seus antecessores não deixa espaço para outra religião. Cristãos enfrentam uma pressão intensa em todos os sentidos, sendo forçados a viver em segredo; há pessoas que não compartilham sua fé nem com sua família, temendo a perseguição e até mesmo o perigo de morte.

Havendo sua descoberta, o cristão é levado preso aos campos de concentração, sendo sujeitado a trabalhos forçados, torturas e mortes cruéis.

A Igreja do Senhor Jesus precisa se levantar e orar intensamente pela Coreia do Norte, para que todo principado e potestade caia e que as fortalezas do inferno não prevaleçam, mas sejam vencidas.

Só a oração incansável da Igreja pode destruir as forças do inferno e o domínio dos demônios nesse país. Vamos declarar a salvação do Senhor Jesus e profetizar que a Coreia do Norte é um país livre para adorar o Senhor.

Vamos orar:
-Para que esses irmãos presos venham a ser soltos e possam ter sua liberdade de volta;

-Que Deus se mova sobre a vida de Kim Jong-Un, e que esse homem tenha seu coração mudado por Deus; fazendo um homem de muita compaixão ( nós cremos que isso é possível!).

SUDÃO DO SUL

No Sudão do Sul, crianças refletem uma dura realidade: antes mesmo de aprenderem a ler, elas aprendem a usar armas e são usadas como soldados de guerra em conflitos étnicos. Conflitos estes que são responsáveis por mortes de milhares de pessoas todos os anos.

O número de crianças soldados (assim que elas são chamadas), já chega a nove mil. Elas têm sua infância, seus sonhos e seus direitos roubados.

Mas Jesus ama os sudaneses e também deseja salvá-los!

Vamos orar:
- Para que essas crianças tenham o privilégio de desfrutar sua infância, tendo seus direitos garantidos e suas vidas protegidas;

- Que se levante instituições e programas que deem à elas a dignidade que eles tanto precisam;

- Que todas as lembranças dolorosas e as perdas de familiares, venham ser superadas e vencidas pela graça de Deus.

Este é o nosso papel: declararmos que toda calamidade nas nações cesse e seja estabelecido um tempo de salvação e de paz por toda a terra.

Não vamos parar de declarar, até vermos o agir de Deus restaurando todas as coisas. Pois agindo Deus, quem impedirá? Quem intentará contra o braço forte do Senhor e quem impedirá o seu agir?!

MCM RMI – Rede Mundial de Intercessores

Fonte:MCM

Livres no deserto

Posted: 14 May 2014 12:27 PM PDT

O mundo não era digno deles. Vagaram pelos desertos e montes, pelas cavernas e grutas. Hebreus 11.38

Dia13_0260003522.jpg

Um dos colaboradores da Portas Abertas nos conta sobre sua experiência maravilhosa no deserto da Líbia. “Estávamos viajando de jipe de uma localidade para outra como parte dos nossos planos de sair do país. Encontraríamos um motorista local que nos guiaria pelo deserto ao nosso destino. Chegamos na hora marcada, mas nosso motorista não havia chegado, então ficamos esperando por ele.

Se por acaso ele não aparecesse, teríamos de voltar à nossa localização anterior sozinhos, e esperar por uma nova oportunidade para viajar. Finalmente ele apareceu. Enquanto estacionava o carro, nos dirigimos a ele. À medida que ele abria a porta do jipe, eu pensei conhecer a música que tocava, um louvor cristão, mas eu não achei que fosse isso. Tentei ouvir melhor, mas realmente não pude entendê-la. O fato é que Samy*, o motorista, ouvia louvores cristãos. Você pode imaginar como fiquei feliz e esperançoso? Então eu perguntei ao Samy se não era perigoso ouvir essas músicas e ele me respondeu 'Sim, mas aqui no deserto somos livres!'.

Essa é uma realidade muito dura na Líbia. Oro para que as pessoas possam realmente experimentar nos dias vindouros não apenas liberdade política, mas também liberdade individual e religiosa, que possam de fato ser livres do jugo do islã em sua vida e respeitar a liberdade de escolha das outras pessoas. Continue orando pelos cristãos da Líbia. Deus seja louvado!”.

Pedidos de oração

  • Louve ao Senhor pela vida dos cristãos secretos na Líbia.
  • Ore pela vida desses cristãos, para que não desistam de seguir os passos de Jesus.
  • Ore para que haja mais liberdade individual, política e religiosa nesse país.

*O nome verdadeiro foi alterado por motivos de segurança

Participe dos 31 dias de oração pela Igreja africana!

Fonte: Portas Abertas Brasil

A verdadeira religião

Posted: 14 May 2014 12:26 PM PDT

Considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por cuja causa perdi todas as coisas. Filipenses 3.8

Dia14_0260006508.jpg

Recentemente, colaboradores da Portas Abertas encontraram-se com alguns cristãos marroquinos que compartilharam a história de como haviam se convertido.

Yusef* disse estar em busca da verdade desde a época em que estava no colégio.

“Quando eu ainda estava na escola, queria conhecer a 'verdadeira' religião. Eu comecei a ler o Alcorão e a Bíblia para ver qual dos livros falaria mais comigo. Dez minutos depois de ler o Alcorão, eu senti medo. Eu já não concordava com muitos de seus ensinamentos. Por outro lado, eu amei ler a Bíblia, a lia três vezes por dia. Depois disso, eu conversei com um missionário e resolvi entregar minha vida a Jesus.

Por causa da minha decisão de seguir a Cristo, meus pais me expulsaram de casa e meus amigos se afastaram de mim. Passei a visitar uma igreja para turistas, mas por conta da constante pressão da polícia, tive de parar de frequentá-la”.

Yusef continua compartilhando o amor de Cristo a seus familiares e amigos, mesmo correndo o risco de ser preso a qualquer momento.

Pedidos de oração

 

  • Agradeça ao Senhor pela vida de Yusef, que se entregou a Cristo mesmo sabendo das sérias implicações que essa decisão traria para sua vida.
  • Ore para que seus familiares e amigos cheguem ao pleno conhecimento de Cristo através do bom testemunho de Yusef.
  • Interceda para que os cristãos do Marrocos tenham locais para se reunir como igreja.

*O nome verdadeiro foi alterado por motivos de segurança

Participe dos 31 dias de oração pela Igreja africana!

Fonte: Portas Abertas Brasil

Jovem morre 24 horas após recusar se converter ao islã

Posted: 14 May 2014 12:24 PM PDT

O cristão paquistanês Haroon Haidar foi morto a tiros em abril desse ano. Inicialmente, o proprietário da arma alegou que o caso tratava-se de um suicídio; o resultado da autópsia, porém, levantou dúvidas quanto a essa declaração

Pakistan_Hospital.jpg

O relatório do médico legista do estado de Punjab, divulgado em 16 de abril, indica que o cristão sofreu duas lesões no crânio, levantando questionamento se o jovem de 24 anos, que é casado e pai de dois filhos, poderia ter se matado. Parentes de Haroon Haidar pediram ao médico, Dr. Rizwan Naseer, para esclarecer se as duas lesões são resultado de dois tiros separados, o que indicaria que alguém disparou o primeiro tiro, fatal.

O pai de Haroon Haidar, Haidar Masih, disse que seu filho havia sido ameaçado no dia anterior por um colega de trabalho irritado com a sua recusa de se converter ao islã.

Era cerca de 9h, no dia 16 de abril, quando Haidar Masih, trabalhando na imprensa do Paquistão, recebeu a notícia de que seu filho, Haroon, tinha sido morto. Ele correu para o local, em Lahore, onde um Banco Paquistanês Islâmico está em construção, e onde Haroon trabalhava como varredor. A polícia já havia isolado a área.

No local, Haidar Masih disse que foi informado pela polícia que um guarda de segurança, Umar Farooq, a única pessoa presente com Haroon no prédio no momento do incidente, havia dito à polícia que tinha deixado a sua espingarda na mesa e tinha ido ao banheiro no andar de cima, de onde ouviu o tiro.

“A polícia me informou que o guarda disse que, assim que ouviu o barulho, correu lá embaixo, onde ele viu que Haroon tinha se suicidado, atirando na testa com a arma”, relatou Haidar Masih ao World Watch Monitor.

Cinco horas mais tarde, a família e os parentes foram autorizados a ver o corpo. “Todo o crânio acima das sobrancelhas tinha sido arrancado, enquanto o corpo estava na postura sentada no sofá”, disse Khalid Shehzad, diretor de um centro social em Lahore que fornece alimentação, educação e assistência jurídica para os cristãos. Ele mora perto da casa de Haidar Masih.

Shehzad informou ao World Watch Monitor que parentes e amigos de Haroon Haidar disseram que ele não mostrava sinais de depressão ou estava inclinado para o suicídio. “Em vez disso, disseram que ele estava bem casado e era uma pessoa bem composta”, disse Shehzad.

A viúva, Hina Bibi, disse que seu marido era um homem fiel e que eles estavam levando uma vida feliz. “Eu não posso acreditar que meu marido se matou”, disse ela. “Nós tínhamos planos para o futuro melhor das crianças, enviando-os à escola para uma vida respeitável na sociedade”.

Shehzad disse que a polícia, relacionando a morte como suicídio, inicialmente não queria registrar o caso. Eles cederam tarde da noite, depois que dezenas de cristãos bloquearam a estrada.

No relatório da polícia, na Delegacia de Naulakha, Haidar Masih informou que seu filho havia lhe dito um dia antes de morrer que havia sido ameaçado em seu local de trabalho por causa de suas crenças religiosas.

“O guarda de segurança do banco, Umar Farooq, o forçou a se converter ao islã e em caso de recusa, ele iria matá-lo”, Haidar Masih testemunhou no relatório.

O diretor de investigação da polícia, Muhammad Arif, disse que Farooq alegou que não poderia ter puxado o gatilho. “Farooq disse que ele havia deixado a arma em cima da mesa e tinha ido ao banheiro no andar de cima”, disse Arif ao World Watch Monitor.

O relatório da autópsia conclui que “a causa da morte, neste caso, é a lesão total (1, 2) do cérebro com arma de fogo”.

“O relatório pós-morte não explica muito, então apresentamos o pedido para que os médicos esclareçam se um ou dois tiros foram disparados”, disse Arif. Ele também disse que a arma está sendo inspecionada para coleta de impressões digitais.

O primo de Haroon Haidar, Parvaiz Babloo, que estava de plantão como varredor no Hospital Mayo da Universidade Médica King Edward quando o corpo de seu primo foi levado, disse que a polícia pediu às autoridades para declarar a morte como um suicídio.

“O médico claramente recusou e pediu à polícia que primeiro registrasse um caso criminal, e em seguida, a autópsia podia ser realizada”, disse Babloo ao World Watch Monitor. Ele disse que os médicos tinham certeza de que não era um caso de suicídio e, mais tarde foram pressionados pela polícia. “Se não tivéssemos protestado e bloqueado a estrada, a polícia teria conseguido suprimir este caso”, acrescentou.

Fonte: World Watch Monitor
Tradução: Felipe Augusto – ANAJURE

Boko Haram sequestra mais garotas; a situação se agravaG

Posted: 14 May 2014 12:22 PM PDT

Um número que pode variar entre oito e onze adolescentes foram sequestradas em 4 de maio pelo grupo Islâmico Boko Haram. Em 14 de abril, o mesmo grupo já havia levado mais de 230 garotas estudantes, em sua maioria cristãs, da cidade de Chibok, região norte do país

Nigeria_Lara.jpg
De acordo com fontes locais, um grupo de homens fortemente armados invadiu a vila de Warabe, próximo a Gwoza, no estado de Borno, na noite de domingo 4 de maio. Eles abriram fogo antes de levar oito garotas com idades entre 12 e 15 anos. Novos relatos dão conta de que uma vila a cinco quilômetros de distância de Warabe também foi invadida e mais três garotas foram levadas pelos homens.

Na segunda-feira (05/05), o Boko Haram, que tem sido responsável por uma campanha na Nigéria para impor a lei islâmica há cinco anos, assumiu a responsabilidade pelo sequestro das estudantes da escola de Chibok.

"Eu sequestrei as garotas. E vou vendê-las no mercado em nome de Alá", disse Abubakar Shekau, líder do grupo terrorista em um vídeo de 57 minutos, obtido pela agência de notícias Agence France Presse (AFP).

"Vou vendê-las como escravas em nome de Alá. Há um mercado onde vendem seres humanos", disse o homem no vídeo.

"Eu disse que a educação ocidental tem que parar. As garotas devem sair da escola e casar", disse ele. "Eu poderia casar com uma menina de 12 anos; até mesmo uma de nove anos poderia casar comigo".

Semana passada, alguns pais e líderes comunitários de Chibok expressaram seu medo de que as meninas sequestradas fossem levadas do país para Camarões ou Chade, e que lá fossem forçadas a se converter ao islamismo e casar com muçulmanos. Outros relatos dados à BBC dizem que o "dote" de uma garota foi estipulado: um preço de 2.000 Nairas, o que equivale a 27,44 reais.

Dentre as 230 garotas sequestradas da escola de Chibok, ao menos 165 são cristãs, de acordo com uma lista de nomes e uma declaração emitidas em 4 de maio, por um ex-presidente de uma afiliada da Associação Cristã da Nigéria. Nem o governo nem as autoridades escolares verificaram a precisão e veracidade da lista.

A lista, emitida pelo evangelista Matthew Owojaiye, diz que Chibok tem 90% da população formada por cristãos, o que implica que este sequestro em massa tenha motivação religiosa.

Por conta deste ato criminoso, o presidente Goodluck Jonathan está sob intensa pressão nacional e internacional. Barack Obama, presidente dos Estados Unidos, ofereceu auxílio militar e assistência jurídica, o que foi prontamente aceito pelo governo nigeriano.

O desaparecimento destas garotas suscitou um grande clamor via mídia social com a hashtag #bringbackourgirls. Neste momento, o país se prepara para sediar o Fórum Econômico Mundial, com a presença de cerca de 900 líderes mundiais de negócios.

Fonte: World Watch Monitor
Tradução: Jorge Alberto – ANAJURE

O papel da mulher no Reino de Deus

Posted: 14 May 2014 12:21 PM PDT

Mesmo não florescendo a figueira [...] ainda assim eu exultarei no Senhor e me alegrarei no Deus da minha salvação. Habacuque 3.17-18

Dia12_0040004797.jpg

Stive, cristão norueguês, com outros colaboradores da Portas Abertas, visitou Tore, uma vila na cidade de Yei, sudoeste do país. Ele conta: “Tivemos uma reunião com os administradores locais e eles nos contaram sobre o ataque do Exército de Resistência do Senhor a duas vilas, em janeiro. Muitas pessoas foram mortas, vilas queimadas e crianças sequestradas.

Na igreja conhecemos Susan*, uma mulher de 32 anos de idade. Ela foi uma das pessoas que perdeu sua casa em uma das vilas atacadas. Susan concluiu apenas o ensino fundamental, mas agora trabalha como professora voluntária, ensinando matemática, inglês e línguas locais para as crianças das duas vilas. A escola não tem equipamentos, muitas crianças são órfãs e moram em cabanas de palhas improvisadas. Susan também ministra aulas na escola bíblica dominical e é como uma mãe para as crianças, mesmo após ter perdido tudo: sua casa, seus pais, sua irmã, uma vida normal.

Encontrar-me com Susan e outros cristãos causou grande impacto em minha vida. Eles não têm nada, não têm casa, não têm comida, nem água e nem futuro. Ainda assim, podem sorrir e confiar em Deus”.

Pedidos de oração

  • Agradeça ao Senhor pela fé e perseverança dos irmãos de Tore, que têm confiado em Deus mesmo diante de todas as adversidades.
  • Ore pela vida de Susan e das crianças com as quais trabalha, para que tenham esperança.
  • Interceda pela vida de milhares de sudaneses que todos os dias são alvo dos ataques de grupos armados.

*O nome verdadeiro foi alterado por motivos de segurança

Participe dos 31 dias de oração pela Igreja africana!

Fonte: Portas Abertas Brasil

Assista ao vivo e Online, TV GIDEÕES, TV ENLACE, TV RIT, REDE GOSPEL, REDE SUPER, REDE BOAS NOVAS, TV ADBRAS, TV AD BOM RETIRO, TV IMPD, IURD TV

Pés Formosos » Israel

Pés Formosos » Israel


A Questão sobre a “Terra de Israel”

Posted: 14 May 2014 12:41 PM PDT

Asher Intrater

Há uma grande controvérsia no Corpo do Messias ao redor do mundo quanto ao lugar do povo judeu e da terra de Israel no plano de Deus. Contudo, a questão não é inerentemente sobre política ou identidade racial, mas sobre a própria natureza do reino de Deus.

     I. Redenção do Planeta Terra

Será que o propósito final de Deus para os seres humanos é sair deste planeta e viver para sempre num corpo não ressurreto no céu? Ou será que é restaurar todas as coisas (Atos 3.21), ressuscitar os mortos e dar-lhes novos corpos com os quais possam viver tanto no céu quanto na terra (1 Coríntios 15, João 20, Lucas 24), e unir os céus e a terra (Efésios 1.10)? Se concordarmos que o segundo ponto de vista "restauracionista" está correto, então há um propósito importante para esta terra criada e renovada (Romanos 8.21). Precisa haver uma forma de "reivindicar o direto de aliança" de retomar e restaurar o que foi perdido com a queda de Adão.

A aliança abraâmica é o instrumento que Deus tem para recuperar a posse legal sobre todo o planeta. A aliança abraâmica não é apenas para retomar a terra de Canaã para a tribo de um homem; porém, começando a partir daí, reconquistar o mundo inteiro (Romanos 4.13). Portanto, se você não acredita na posse abraâmica/israelense da terra, também não pode acreditar numa restauração e retomada total do planeta terra. Ao afirmar que a aliança sobre a terra de Israel não continua válida, você está simplesmente concordando em ceder o planeta terra permanentemente ao domínio de Satanás.

     II. Segunda Vinda Literal

A segunda vinda de Yeshua é realmente física e literal? Será que ele vai descer desde os céus até que seus pés estejam firmados sobre o Monte das Oliveiras (Zc 14.4)? Se ele de fato virá para o Monte das Oliveiras, então há um propósito para a terra de Israel. E se ele virá, então precisa haver um povo judeu morando aqui que acredite nele e que o receberá de volta com brados de "Baruch Haba B’shem Adonai"(Mateus 23.39).

Então precisa haver:

a. Uma aliança sobre a posse da terra de Israel
b. Um reajuntamento do povo judeu na terra
c. Um avivamento da fé no meio do povo judeu em Israel
d. As boas vindas dadas por eles ao retorno de Yeshua.

Sem a terra, não há um retorno literal de Yeshua, porque não há um lugar que ele tenha direito por aliança para recebê-lo.

III. Reino Milenar Messiânico

Haverá um reino milenar de verdade sobre a terra com Yeshua reinando a partir de Jerusalém? Se sim, então deve haver um propósito e um direito permanentes da aliança com Jerusalém e Israel. Sem uma aliança com Israel, não poderia haver um reino cujo centro na terra é Jerusalém. Se não, por que simplesmente não paramos de orar"venha o teu reino; faça-se a tua vontade, assim na terra como no céu" (Mateus 6.10)?

Logo, se não há uma aliança permanente com Israel, não pode haver um propósito para o planeta terra, uma segunda vinda literal, nem um reino milenar. Essas são as questões críticas por trás da controvérsia a respeito da "terra de Israel". As promessas da aliança para a terra de Israel e para o povo judeu são os veículos bíblicos de Deus para reconquistar o planeta terra, para convidar Yeshua de volta para a terra, e para trazer o reino milenar.

Guerra Espiritual

E um último pensamento: por que os cristãos ficam confusos quanto a isso? Parece que a Jihad islâmica, as Nações Unidas e a Esquerda Radical não estão confusas. Todos eles fazem o que podem para impedir Israel e o remanescente messiânico aqui. O que é óbvio para eles no lado negativo deveria ser óbvio para nós no positivo.

 

Fonte: ReviveIsrael

Lançamento!

Lançamento!

Contato

Contato
Clique na imagem para acessar

REVISTA PAMM - edição de Outubro

Para escolher o modo de leitura (páginas, livro, slides) Coloque o mouse sobre iPaper > ViewMode> selecione o modo. Para ler no modo Tela Inteira, clik na caixinha abaixo no canto direito, você também pode usar o recurso de zomm.
- Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo. Lucas 6:38